Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

ALDEIA PRESERVADA DE BARCOS - TABUAÇO - VISEU


Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
Aldeia Duriense de Barcos é uma Freguesia Portuguesa, pertencente ao Concelho de Tabuaço, Distrito de Viseu. Barcos já foi sede de concelho, e por esse motivo são vários os edifícios que comprovam que já foi sede administrativa de outras terras durienses em seu redor. Já não são visíveis todas as estruturas originais daquele tempo, tal como a casa da roda, que embora lá esteja implantada não se vislumbra a dita roda dos bebés, que era o local onde se colocavam os recém-nascidos, (normalmente ligado a uma instituição religiosa) quando não havia possibilidades para os criar. 

Outras estruturas estão já também descaracterizadas, infelizmente é um facto em quase todas as aldeias preservadas de Portugal. Um destaque especial para a simpatia dos habitantes sempre prontos a qualquer explicação, e uma menção especial ao Sr. Toninho do talho que se disponibilizou logo a convidar toda a gente para provar os seus licores e Porto da casa, maças etc. e ainda de bonús uma garrafa para toda agente brindar ao Toninho do talho. Um bem haja para ele, pela sua simpatia e humanidade. Daquí partimos para um jantar com vistas espetaculares para o douro vinhateiro que darei conta na rubrica dedicada a Tabuaço.



               HISTÓRIA:

Foi sede de concelho, entre 1263 e 1855, integrando as freguesias de Adorigo, Barcos, Santa Leocádia e Santo Adrião. Com a chegada das reformas administrativas do liberalismo, acabaram por ser integrar também no município as freguesias de Folgosa, Vila Seca, pinheiros e vale de Figueira.
Não se fala da Freguesia de Barcos sem falar do Santuário de Santa Maria do Sabroso e da Igreja Matriz. Importantes marcos no património arquitectónico e religioso do concelho. Mas outros exemplos arquitectónicos podem ser visitados nesta freguesia: a Casa da Roda e palacetes de famílias influentes da freguesia são dignos de apreciação.


       Igreja Matriz de Barcos:

Acesso: De Tabuaço para EN 226-2; em Barcos, a 250 m. no Lg. da Colegiada.


A igreja foi construída no séc. XIII, sofrendo depois alterações e reconstruções durante os séculos XIV, XVII, XVII e XX.
O templo comporta vários tipos de arquitectura tipicamente religiosa, românica, gótica, maneirista e barroca.



      Capela de Santo Aleixo:
Segundo a tradição, o lugar de Santo Aleixo terá servido de assento ao primeiro mosteiro da região. Existe uma pedra de fecho de um arco, sobre a porta do cemitério, que se diz ter pertencido ao primitivo mosteiro, aí existente no período da Alta Idade Média.
Era em Santo Aleixo, hoje incluída na área do Alto Douro Vinhateiro – Património Mundial, que se dava a muda de cavalos da mala-posta, e onde se tomavam as celebres sopas de cavalo cansado, conforme nos contam os mais velhos.


Capela de Santa Barbara
A primitiva capela de Santo Aleixo, ainda existente, implanta-se no topo do lugar homónimo. O templo poderá ter tido origem numa ermida dedicada, talvez desde o séc. XIII, a Santo Aleixo. Devido à sua localização, acabou por ser construída recentemente uma nova capela no meio do povo, junto à Estrada Nacional 323, para maior comodidade da população.

                                                   
ADENDA: A Igreja Românica de Sabroso terá uma publicação própria, já a seguir aquí no Portal.

Fonte: www.cm-tabuaco.pt

Portal AuToCaRaVaNiStA:
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes