Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

TERMAS DE VIZELA - VIZELA

Apontamento AuToCaRaVaNiStA:

Esta visita às termas de Vizela esteve integrada na Viagem que o Grupo AuToCaRaVaNiStA efetuou a Vizela no passado fim de semana de: 18, a 20 de Janeiro de 2013(apenas para que fique registado).
Foram-nos dadas explicações no decorrer da visita dividida em dois grupos para que pudéssemos ver e interagir com os diversos processos praticados nas termas nos diversos tratamentos a que os utentes são sujeitos consoante o seu problema. Estas aguas são hipertermais, pouco mineralizadas, bastante sulfúreas, sódicas e fluoretadas. Quanto às suas principais indicações terapêuticas, são o tratamento de reumatismos crónicos, afecções neurológicas e traumáticas, doenças crónicas das vias respiratórias e ainda doenças de pele. Mas o melhor é ler a história toda. 



               HISTÓRIA:
No início do século XVIII não existiam condições para se praticar o termalismo em Vizela. Os 5 charcos com diferentes graus de temperatura, serviam apenas para os mais desfavorecidos se banharem. Em 1785, são criadas as primeiras “Instalações Termais”. Estas eram muito precárias, pois limitavam-se apenas a uma barraca coberta de colmo. Em 1787, registou-se uma significativa afluência a este local, o que levou a uma melhoria das condições existentes. É nesta altura que se descobrem as antigas Termas Romanas.
Em 1811, criam-se novas instalações e contrata-se um médico capaz de aconselhar apropriadamente o tipo de água a cada tipo de doença. A 13 de Maio de 1846, nascia na freguesia de St.ª Eulália, um dos homens que mais contribuiu para o desenvolvimento das Termas de Vizela. 



O médico hidrologista, Dr. Abílio Torres, dedicou toda a sua carreira a estas Termas e a outras actividades de acção social e cultural. O reconhecimento por parte do povo de Vizela é-lhe demonstrado, tendo a artéria principal da cidade o seu nome. Em 1870, as actuais Instalações Termais começaram a ser construídas. Em 1873, é fundada a Companhia dos Banhos de Vizela. Em 1883, frequentam as Termas de Vizela mais de 3 mil pessoas por ano. Em 1892, inauguram-se oficialmente os balneários termais. Nesta altura Vizela, vivia os seus “anos dourados”. Era o local privilegiado para os ricos das colónias brasileiras e inglesas fazerem os seus piqueniques, bailes, arraiais minhotos e outras animações que fizeram com que Vizela passasse a ser conhecida como a “Rainha das Termas de Portugal”. Até o escritor Camilo Castelo Branco fez referência nos seus livros a estas Termas.
Estas águas, cujas temperaturas variam entre os 15ºC e os 65ºC, são hipertermais, fracamente mineralizadas, sulfúreas, sódicas e fluoretadas, estando indicadas sobretudo para o tratamento de reumatismos crónicos, doenças das vias respiratórias e doenças de pele.



* Características das Águas 

No que diz respeito às águas, é sabido que estas têm características importantíssimas para a saúde de quem delas necessita. São águas hipertermais, fracamente mineralizadas, sulfúreas, sódicas e fluoretadas. 

* Indicações Terapêuticas 
Quanto às suas principais indicações terapêuticas são o tratamento de reumatismos crónicos, afecções neurológicas e traumáticas, doenças crónicas das vias respiratórias e ainda doenças de pele.


* Meios de Cura 

Os meios de cura, por seu lado, são os mais diversos, todos eles aplicados em Vizela: ingestão de água, banhos de imersão (em banheiras individuais e piscinas colectivas), banhos de imersão subaquáticos, hidromassagens, massagens, duches de Vichy, sauna, vapor à coluna (bertholet), irrigação, pulverização, inalações, emanatório, lamas medicinais, aerossóis, electroterapia e mecanoterapia. O tratamento completo dura de quinze a vinte dias, hora e meia por dia. 




* Curiosidades 

São trinta e três nascentes, todas distribuídas pela Lameira (actualmente Praça da República), Banho Médico, Mourisco e Rio. Estas nascentes divergem umas das outras, as suas temperaturas variam entre os 15ºC e os 65ºC. O caudal das diversas nascentes ultrapassa o milhão de litros por dia.
Foram feitos 4 furos artesianos, com profundidades entre os 70 e os 85 metros, com caudal de 39ºC a 65ºC. 
Opiniões de especialistas consideram as nossas águas como umas das melhores entre as melhores águas sulfúricas quentes de Portugal. 

Informações:

Termas de Vizela
TESAL EXPLOTACIÓN, S.L. – REPRESENTAÇAO PERMANENTE
Rua das termas, 37
4815 – 416 CALDAS DE VIZELA
Telefone: 91 0378232/ 253 565 117
E-mail: tesalvizela@tesal.com
www.tesal.com


Portal AuToCaRaVaNiStA:
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes