Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

POMARES - SERRA DO AÇOR - ARGANIL


Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
Pomares é uma Freguesia, pertencente ao Concelho de Arganil, Distrito de Coimbra, Portugal
De Avô em direção ao Piodão circundamos a serra do Açor, passando pela freguesia de Pomares, e serra acima até Soito das Ruivas, fomos passando por diversos lugares de Pomares, do qual registei imagens espectaculares a uma altura impressionante, e que as fotos infelizmente não poderão demonstrar essa realidade. Aliás nenhuma foto pode transportar a realidade que os olhos nos proporcionam. Fica o registo da ruralidade de Pomares, muita dela já abandonada do outro lado do alto da serra do Açor.



                 HISTÓRIA:
Pomares é uma freguesia do concelho e comarca de Arganil, distrito, diocese e relação de Coimbra. A aldeia de Pomares encontrava-se integrada nos coutos dos Bispos de Coimbra e era curato ( termo religioso, derivado de padre , ou cura, que era usado para designar aldeias com condições para se tornarem freguesias) cuja apresentação era da responsabilidade do cabido (conjunto de cónegos) da Sé de Coimbra. Pertenceu ao antigo concelho de Avô, até 24 de Outubro de 1855, data em que este foi extinto e passou a fazer parte do concelho de Arganil.
Avô teve estatuto Municipal (a 1ª carta de foral data de 1187), mas o concelho acabou por ser extinto por decreto de 24 de Outubro de 1855, passando as suas freguesias de Anceriz, Piódão e Pomares para o concelho de Arganil e as freguesias de Aldeia das Dez, Avô, Lourosa, Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira para o de Oliveira do Hospital. Os Madeira da Costa, de Avô, estabeleceram um morgadio em Pomares e alguns dos detentores do vínculo foram capitães-mores daquela vila.

A última representante , D. Maria Manuela de Brito e Castro , casou com D. Luís Maria de Carvalho Daun e Lorena , seu tio , e , em 1886, o rei D. Luís I, concedeu-lhes o título de Marqueses de Pomares. O facto de só se ouvir falar na Marquesa de Pomares ( Quinta da Marquesa, Lagar da Marquesa, Capela da Marquesa) ficará a dever-se ao falecimento de D. Luís apenas oito anos depois de terem sido criados os marqueses de Pomares, enquanto que a Marquesa ficou entre nós ainda por muitos anos.Foram os primeiros marqueses de Pomares e não houve descendência deste casamento.

A freguesia de Pomares dista cerca de trinta quilómetros da sede concelhia e está situada nas faldas da Serra do Açor.Dista cerca de oitenta quilómetros de Coimbra, capital de distrito. À Freguesia de Pomares pertencem as povoações de Agroal, Barrigueiro, Barroja, Corgas, Espinho, Foz da Moura, Porto Silvado, Sobral Magro, Sobral Gordo, Sorgaçosa, Soito da Ruiva e Vale do Torno.No agregado da aldeia estão ainda os lugares de Portelinha e Torrão.

Fonte: http://pomares.eu/


Portal AuToCaRaVaNiStA:
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes