Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

COVILHÃ - CASTELO BRANCO


Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
A cidade da Covilhá é sede de Concelho e pertence ao Distrito de Castelo Branco - Portugal. Covilhã zona Centro de Portugal. Não disponho de grandes fotos, já que são todas noturnas e sem grande luz, esta passagem pela Covilhã apenas me serviu para pernoita durante a visita à envolvencia das terras em torno da Serra da Estrela. Local de Pernoita, existe no largo dos Bombeiros da Covilhã um grande parque de estacionamento, bastante recatado e sossegado, onde se pode pernoitar à vontade. 



COVILHÃ NA ANTIGUIDADE 

A Covilhã - povoação - situa-se na encosta da Serra da Estrela, voltada para nascente, rodeada por duas ribeiras, a Degoldra e a Carpinteira, tendo a seus pés o rio Zêzere e toda a Cova da Beira. Esta localização faz com que os habitantes da Covilhã sejam, por um lado, homens e mulheres da montanha, tendo por matriz a Serra da Estrela o que lhes transmite coragem, espírito de luta e perseverança; por outro, a baixa ou seja a extensa Cova da Beira que se prolonga até Espanha, que imprime confiança, autonomia e determinação. Inicialmente, os habitantes ocupavam a baixa junto ao rio onde as úberes terras os alimentavam. 

Com o andar dos tempos, forças de fora obrigaram-nos a fixarem-se numa altitude aproximada dos 800 metros, numa encosta íngreme. Importantes "achados" mostram que os primeiros habitantes não foram os Romanos. A navegabilidade do Zêzere, que faz parte da bacia hidrográfica do Tejo, trouxe gentes das mais variadas partes que vinham comerciar. A existência de inúmeros castros, verdadeiras sentinelas e postos de defesa, mostra que por ali passaram vários povos da pré-história que se foram instalando devido às boas condições de subsistência. Os Romanos, após as lutas com os Lusitanos, acomodaram-se na região, como se pode verificar ao percorrer as margens do Zêzere, onde os exemplos de terra sigillata hispanica (tritium) se encontram a cada passo. Escavações, em curso, apontam para a existência de uma importante colónia - povoação romana - que ultrapassa a simples passagem de expedições militares. As vias romanas que se encontram por toda a parte e até na própria Serra, viradas para nascente, para evitar o gelo, são outra demonstração clara da sua presença. 
Fonte: C.M. da Covilhã


Portal AuToCaRaVaNiStA
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes