Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

PONTE FILIPINA - VALHELHAS - GUARDA

Apontamento AuToCaRaVaNiStA:

Valhelhas, é uma Freguesia Portuguesa, pertencente ao Concelho e Distrito da Guarda. No acesso ao Povoado de Valhelhas, pela estrada nacional 232, passamos ao lado da antiga Ponte Filipina, nesta altura pensamos que em fase de recuperação, e também em fase de estruturação do terreno adjacente. O Portal AuToCaRaVaNiStA, tem como uma das principais finalidades, registar no geral, nas suas viagens, o património relevante de Portugal. Embora ainda distante do medieval centro da Freguesia de Valhelhas, não deixa de ser um património valioso anexo a esta Terra, que convém sempre registar. De salientar, que Valhelhas já foi sede de Concelho até 1855. De uso exclusivamente pedonal. É património classificado como "MIP" Monumento de Interesse Público. Ver etiqueta "Guarda"


               HISTÓRIA:
Ponte Filipina de Valhelhas (Antes)
Depois com estruturação do terreno

Povoação de fundação antiga, a vila de Valhelhas possui vestígios de ocupação que remontam à época romana. Neste período, foi construída uma via que passava pelo centro do povoado, permitindo a sua ligação com Boiça, e sobre o Zêzere, terá sido erguida uma ponte.




Na Idade Média, Valhelhas tornou-se um dos maiores concelhos medievais do território nacional, conhecendo o seu período de apogeu entre os séculos XII e XIV. No século XVII houve a necessidade de melhorar uma das vias de acesso à vila, pelo que cerca de 1631foi construída uma ponte na principal entrada da povoação, na estrada que segue para Belmonte.



Edificada pelo mestre pedreiro Paulo Rodrigues, a Ponte de Valhelhas, estende-se sobre o rio Zêzere,aproveitando possivelmente a localização da antiga ponte romana. É formada por um tabuleiro plano, que se torna curvado nas extremidades, estendendo-se por cerca de 2 quilómetros.



O conjunto assenta sobre quatro arcos de volta perfeita, que descarregam em gárgulas.Em 1679 a ponte recebeu obras de reparação, cuja direcção ficou a cargo do mestre Bartolomeu Álvares, tendo também trabalhado no estaleiro o seu oficial António Rodrigues. No último quartel do século XX a Junta Autónoma de Estradas ordenou a construção de uma nova ponte em Valhelhas, e a partir de 1977 a ponte filipina ficou reservada, exclusivamente, a travessias pedonais.

Catarina Oliveira
GIF/IPPAR/ Fevereiro de 2007

Fonte: www.patrimoniocultural.pt

Portal AuToCaRaVaNiStA
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes