Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

CASTELO DE MONTERREI - MONTERREI - OURENSE - ESPANHA



Apontamento AuToCaRaVaNiStA:


O Castelo de Monterrei fica situado na Freguesia de Santa Maria, no Concelho de Monterrei, Província de Ourense, a poucos metros da entrada na Vila de Verín.
O acesso ao castelo é muito difícil, a entrada faz-se através do casario, por ruas estreitas e sinuosas, com varandas salientes, e o restante caminho até ao Castelo só dá para um veículo. À chegada ao cimo do Castelo, é necessário transpor mais 2 barreiras estreitas, que são as primeiras portadas do Castelo, que fiz com bastante cuidado, até aceder à última porta de acesso ao interior da muralha, e aí sim, as autocaravanas (espaço só para 3, caso esteja vazio) tiveram que ficar por ali, sendo que em veículo ligeiro normal, ainda passa essa portada até ao cimo onde se ergue o Castelo.

             HISTÓRIA:

Este monumental conjunto fortificado, onde se assentaram as linhagens de Ulloa, os Zúñiga, os Viedma, os Fonseca, os Acevedo e os Duques de Alba, foi enclave estratégico desde a Idade Média na fronteira com Portugal. Sua história é longa porque o vale foi povoado no século X. O castelo foi construído no século XII por D. Afonso Henríquez, neto de Afonso VI, e adquiriu importância no XIV com Pedro I, El Cruel. Em 1506 chegou aqui Felipe El Hermoso para se encontrar com o Cardeal Cisneros e mostrar o seu papel como Rei de Espanha.



A fortaleza foi-se adaptando a diferentes estilos ao longo de sua história. A Torre das Damas foi edificada em séculos XIV. Entre os século XV e XVII os sucessivos condes de Monterrei construíram o palácio renascentista, a torre da Homenagem, o Hospital de Peregrinos ea igreja gótica de Santa Maria. Na Idade Moderna construíram dois recintos abaluartados que encerravam os conventos de franciscanos e jesuítas, sob a orientação dos engenheiros militares de Felipe IV, Juan de Villarroel e Carlos de Grunemberg. A função militar do conjunto fortificado complementou-se com a importante vida cultural da pequena corte nobre, onde se imprimiu o primeiro incunábulos galego e se dava docência em gramática, artes e teologia.

DESCRIÇÃO E CARACTERÍSTICAS

O monumental conjunto fortificado de Monterrei constitui a "Acrópole" maior da Galícia, e forma um conjunto de evidente interesse. Possui três recintos amuralhados sobre uma alongada lomba, entre outros itens defensivos essenciais destacam a torre de menagem ea Torre das Damas. Um dos acessos ao recinto tem uma ponte levadiça, elemento próprio dessas fortalezas. As almeas, os pequenos vãos e um poço de 14 metros localizado no pátio interior completam as defesas do edifício. O pátio de armas do castelo entra por uma porta praticada em uma muralha.

O destaque do castelo é, sem dúvida alguma, a Torre de Menagem, que foi construída no século XV, na época dos Reis Católicos, por Dom Sancho Sánchez de Ulloa, primeiro Conde de Monterrei. Sua planta é quadrada, tem alguns buracos no exterior, conta com pequenos vãos ao longo de seus muros, e é coroada por uma barbacana com oito cubos redondos que interrompem os cantos e pinturas.
entra pelo primeiro andar, onde se localiza a ponte levadiça.
Suas proporções são consideráveis, com paredes de grande espessura e elevada altura (22,5 m), o que lhe confere um caráter impressionante.



A Torre das Damas, do século XIV, é de proporções mais reduzidas e contígua ao palácio. Nesta descansa a galeria de colunas com pedras de armas nas enxutas.
Dentro do recinto do castelo também se encontra o Palácio dos Condes, em estilo renascentista, possui grandes galerias de arcos rebaixados. As colunas da referida galeria têm um escudo diferente a cada uma delas. Este palácio foi construído no século XVI e início do XVII. Todas as pedras do recinto do castelo está gravado com marcas de canteiro.

Pertence ao conjunto a igreja paroquial de Santa. Maria é um templo de estilo gótico dos séculos XIV a XV, com uma só nave coberta de madeira e ábside rectangular com abóbada de cruceiría. Destacam-se na arte um belo retábulo gótico de pedra e a capa lateral, formada por três arquivoltas muito decoradas e tímpano presido por Cristo e tetramorfos.



Muito perto da fortaleza encontram-se os restos de outra fortificação denominada Atalaia, que data de 1664 e servia de complemento defensivo.



MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

O material é pedra, que é a matéria-prima empregada na maioria dessas edificações por sua grande resistência e dureza. Podemos observá-los cantaria bem colocados e enquadrados de suas torres. Aprecia-se bem o valor artístico eo esforço humano da obra.

HERÁLDICA

Em um de seus acessos podemos apreciar o brasão pertencente aos primeiros moradores do castelo, os condes de Monterrei. Não só aparece o distintivo de sua família, mas também os elementos mais importantes dos escudos de outras famílias e linhagens com as que mantiveram um vínculo.

               CONDIÇÃO

O estado do castelo é muito bom. No interior conservam-se ainda hoje os ornamentos que se foram adicionando os diferentes estilos artísticos. Pelo seu grande valor e beleza do castelo de Monterrei foi transformado em Parador Nacional.
Encontra-se declarado Monumento Nacional.

Portal AuToCaRaVaNiStA:
www.autocaravanista.pt.vu - www.grupoautocaravanista.webs.com
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes