Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

PAU - AQUITÂNIA - PIRENÉUS ATLÂNTICOS - FRANÇA



Visita efetuada em Agosto de 2016
NOTA 2016:

Uma segunda passagem por Pau, Pirenéus, França, em direção ao Santuário de Lourdes. Destaques para a Igreja de Saint Jacques, A Igreja de Saint Martin, Torre de la Monnaie, o Château de Pau, ou, Henrique IV, e a Catedral de Notre Damme. A nossa rota pelos Pirenéus (FR, e ES) começa aqui:


Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
Visita efetuada em Agosto de 2012
Pau é uma cidade Francesa, pertencente à Região da Aquitânia, Departamento dos Pirenéus Atlânticos.
A cidade de Pau foi a primeira cidade em que paramos para uma ligeira visita, e para desentorpecer as pernas. No alto do socalco vislumbrava-se a Torre de la Monnaie, o Château Henrique IV e a Catedral de Notre Damme.
Pau, Pátria de Henrique IV, é a cidade de todos os recursos, montanhas e estâncias de esqui a 45 minutos, as costas Bascas e dos Landes uma hora de estrada, porta de entrada dos 5 vales Bearneses e as suas estâncias termais (Eaux-Bonnes, Eaux-Chaudes).


O seu panorama único sobre os Pirenéus fará dizer à Lamartine: " Pau é a mais bela vista de terra do mundo como Nápoles é a mais bela vista do mar". Antiga cidade real e capital do Béarn, a cidade recebeu de todos os tempos influências estrangeiras importantes (Ingleses, Espanhóis, Russos, Brasileiros) e permanece ainda hoje muito aberta sobre o exterior.





A descobrir:


- as Igrejas Saint-Jacques e Saint Martin de influências neogóticas
- a igreja de Notre-Dame, de inspiração arte déco, coberta por uma monumental estátua da Virgem à criança
- o Castelo de Pau (Museu nacional do Castelo de Pau) e suas duas torres do século XII
- a torre de la Monnaie, inicialmente torre de espreita defensiva abaixo do castelo.
- o Parlamento de Navarre, à proximidade do castelo
- o palácio de justiça e sua fachada classicamente ornado de colunas elas próprias cobertas de um frontão em mármore branco
- a gare de estilo Eiffel e o funicular asseguram a ligação com o centro histórico
- o Palácio Beaumont, originalmente designado Palais d'Hiver,
- a caserna Bernadotte, que deve seu nome à Bernadotte, oficial inferior francês nascido em Pau e tornado rei da Suécia sob o nome de Charles XIV. A casa natal de Bernadotte, abriga hoje um museu
- o centro Bosquet e o Palácio dos Pyrénées, centros comerciais da cidade com espírito 1800
- "Les Abattoirs ": pole cultural intercomunal (PCI) em Billère: antigos matadouros tornados num centro cultural de arte moderna
- o Museu das Belas-Artes e o Museu da resistência e da deportação, situado no coração do parque Lawrence.

  Nota Interna de Pau:

Aqui, no sopé dos Pirenéus, sempre fomos capazes de construir fortes ligações com a terra circundante. Desde a Idade Média, os tratados garantia a liberdade de movimento e comércio sem fronteiras.
Habitantes de uma terra de paixão, somos guiados por nosso coração, como amante, Pyrene lendária de Hércules, cujo coração bate por toda a eternidade nas montanhas ao qual deu o seu nome. Pau tornou-se ao longo do tempo uma necessidade absoluta ... e a porta dos Pirinéus!

Portal AuToCaRaVaNiStA
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes