Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

RIBEIRA DE PENA - VILA REAL



Apontamento Autocaravanista:
Ribeira de Pena, é um Concelho Português, sede de Concelho, e pertencente ao Distrito de Vila Real.
Dominado pela bacia hidrográfica do Tâmega, no seu curso médio, o concelho de Ribeira de Pena possui uma grande riqueza e variedade paisagística. Os vales profundos definidos pelo Tâmega e pelos seus afluentes, viçosos no seu verde intenso, têm uma expressão agrícola, cultural e de povoamento tipicamente minhota. Acima da cota dos 400 metros , a norte e a sul, encostas alterosas penetram em maciços rochosos tipicamente transmontanos.



A norte o Barroso, a sul o Alvão. Três marcas tão diferentes num território de 270 km2, que conferem ao concelho uma heterogeneidade única e a transformam numa atracção paisagística. Não é por acaso que alguns apaixonados pelas paisagens locais chamam a Ribeira de Pena a Sintra de Trás-os-Montes.





Integrada na Alta Idade Média nas Terras de Pena (ou de Penha, penhasco), o seu nome é assinalado pelo facto de estar situado numa zona de Ribeira, mais concretamente a ribeira do Tâmega, ao contrário do outro núcleo das Terras de Pena, alcandorada nos fraguedos do Alvão e então designada por Aguiar da Pena. Recebeu o seu primeiro Foral das mãos de D. Afonso IV, foral outorgado em Tentúgal a 29 de Setembro de 1331.



O segundo Foral foi-lhe conferido por D. Manuel II e correspondia então o seu território às paróquias do Salvador e de Santa Marinha, abrangendo ainda uma parte da actual freguesia de Santo Aleixo. D. Nuno Álvares Pereira, o Condestável, pelo seu casamento com D. Leonor Alvim, de Pedraça, possuiu diversas propriedades no concelho e a Quinta da Temporã figurou na doação a sua filha no casamento com o filho bastardo de D. João I, origem da Casa de Bragança.




Com sede no Lugar do Pelourinho, povoação da Venda Nova, o concelho esteve para ser extinto por ocasião da reforma administrativa levada a cabo no século XIX. Em 1853, através da anexação do antigo concelho de Cerva, manteve-se no novo mapa dos municípios, acrescentado das freguesias de Canedo e de Fiães do Tâmega, esta última mais tarde integrada no concelho de Boticas  


Fonte: www.cm-rpena.pt


Portal AuToCaRaVaNiStA:
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes