Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

BARRANCOS - ALENTEJO - BEJA

Apontamento AuToCaRaVaNiStA:


Barrancos, pequena Vila Alentejana encostada a um grande centro histórico Espanhol, de nome Aracena, que damos também o devido destaque no nosso portefólio. Barrancos é uma Vila Portuguesa raiana pertencente ao Distrito de Beja, região do Alentejo e sub-região do Baixo Alentejo. 


Barrancos é conhecido pelas suas tradições tauromáticas, e foi recentemente legalizada a corrida de toiros de morte, proibido pela lei Portuguesa, mas aberta uma exceção por ter tradições já muito antigas. Património histórico visível, destaco a igreja matriz, e as ruínas do Castelo.



           HISTÓRIA:

Historicamente, o território que hoje ocupa o concelho de Barrancos foi ocupado por diferentes civilizações, desde o calcolítico, sendo ocupado depois pelos romanos, visigodos e posteriormente conquistado aos Mouros em 1167, por Gonçalo Mendes da Maia, o Lidador. Após processo de conquista, D. Sancho I ordena o seu repovoamento em 1200. Por essa época, a sede de concelho situava-se na Vila de Noudar (dentro da fortaleza do Castelo do mesmo nome). Em 1295 é concedido foral por D. Dinis à Vila de Noudar, altura em que seria definitivamente incorporada no Reino de Portugal.

A Vila de Noudar, permanece estável durante cerca de 500 anos após a concessão de foral, no entanto, em 1825 inicia-se um lento processo de despovoamento devido à perda da sua importância estratégica e militar o que permitiria a transição da sede de município para a actual vila de Barrancos, assistindo-se ao desaparecimento gradual da sua população. Barrancos, resulta então, de uma transferência de população e poder municipal da antiga Vila Noudar, tendo cumprido recentemente um século de Restauração do Município de Barrancos em 1998, fruto de uma Reforma Administrativa onde foi incorporado no concelho de Moura de 1896 a 1898.
Fonte: www.cm-barrancos.pt

Portal AuToCaRaVaNiStA:
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes