Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

MACIEIRA DE ALCOBA - AGUEDA - AVEIRO



Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
Macieira de Alcôba, é agora com a União de Freguesias conjuntamente com Préstimo, denominada por Junta de Freguesia de Préstimo e Macieira de Alcôba, que pertencem ao Concelho de Águeda, Distrito de Aveiro, Portugal.
A freguesia detém um importante património, histórico, não só o religioso, mas também as aldeias tradicionais de Lourizela, e a própria aldeia de Macieira de Alcôba, e Urtigueira. De salientar a importância da praia fluvial do Alfusqueiro, de excelente qualidade, e com bons recursos para a prática do ócio e do lazer, 


            HISTÓRIA:
Património Religioso

Igreja Matriz de São Martinho (Séc. XVII)
Ergue-se no meio da povoação e data dos finais do século XVI ou inícios do século XVII. No interior observam-se três retábulos dos finais de oitocentos além de uma placa do Calvário no fecho do arco-cruzeiro (Cristo, Virgem Maria e S. João) e uma imagem de Nossa Senhora do Rosário com o menino.


Em 1880 o templo foi reconstruído e ampliado com o acrescentamento da capela-mor. Em 1898 o padre José Luís Monteiro, natural de Macieira de Alcôba, mandou construir o cemitério.




Ermida de Nossa Senhora de Fátima (1928-1930)

A ermida de Nossa Senhora de Fátima ergue-se no alto do Outeiro da Vila desde 1930 em Macieira de Alcôba. É um local elevado, um largo horizonte da serra do Caramulo até ao litoral marítimo do Atlântico. A ermida foi construída em pedra, possui uma torre e é uma construção que se distingue nas redondezas dando um agradável efeito cenográfico na paisagem.

Capela de Nossa Senhora da Guia- Urgueira (1898)

Nos meados do século XIX alguns elementos da família Duarte Reis, do lugar da Urgueira emigraram para o Brasil, com o objetivo de melhorarem as suas vidas. Perante as dificuldades e tormentas fizeram promessa de construir uma ermida em honra de Nossa Senhora da Guia, na Urgueira, se regressassem sãos e salvos.

Não longe da Capela, no ponto mais elevado do Junqueiro construiu-se também um forno para dar resposta à alimentação dos romeiros que se deslocavam ao local em peregrinação.

Capela de S. Domingos – Urgueira

A Capela de S. Domingos de Gusmão, no lugar da Urgueira, já havia sido referenciada pelo padre-cura Manuel de Arede Vale, na sua informação paroquial de 11 de Maio de 1721.
Em 1285 registavam-se monumentos pré-históricos denominados “mamoas de Rapigo” que comprovam que Macieira de Alcôba foi povoada por homens primitivos.

Nos inícios da Monarquia existiam em Macieira de Alcôba 3 casais: Casal do Vale, Casal da Selada e o Casal de Além.

Em 1298,ano em que D. Dinis apresentou a Carta de Foral, Macieira de Alcôba contava com sete casais.

A 6 de Fevereiro de 1514, D Manuel I concede um novo foral ao Préstimo mas também a Macieira de Alcôba e à Urgueira.

Macieira de Alcôba chegou a fazer parte do antigo concelho do Vouga extinto em 1853.

Em 1959 observam-se vestígios arqueológicos na Carreira das Eiras, e no Monte das Pegadas Más, marcas de pés humanos no xisto.

Portal AuToCaRaVaNiStA
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes