Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

VALE DE ESPINHO - SABUGAL - GUARDA


Apontamento AuToCaRaVaNiStA:


Vale de Espinho, é uma Freguesia Portuguesa, pertencente ao Concelho do Sabugal, Distrito da Guarda.
Depois de Aldeia do Bispo, da manutenção das autocaravanas em Fóios (área em mau estado funcional), fomos pernoitar em Vale de Espinho, que diga-se tem uma praça central bastante espaçosa, e foi uma boa aposta a opção da pernoita aqui. Mal tinhamos aparcado as ACs e já nos estavam a convidar para visitar a nova associação da freguesia de Vale de Espinho para uma petiscada. Não nos fizemos rogados, e como estava já próxima a hora do jantar juntamos umas mesas e logo um amigo da terra se ofereceu para nos colocar vinho na mesa, oferta pessoal em nome da hospitalidade Vale Espinhense. 

Depois de uns petiscos servidos com a cortesia que só um Presidente de Junta com grande categoria o faria, com a pompa e circunstancia possiveis e disponível numa inesperada presença turistica, (nós). Foi uma petiscada ajantarada, desde a dobrada às filhoses, passando por queijo da serra da região, bifanas, pão, e azeitonas a finalizar esta ementa improvisada, e que nos soube tão bem. E como o mundo é pequeno, um conterrâneo da Feira estava lá a passar umas mini férias do Carnaval, já que a esposa era natural de lá. Fica aqui uma breve reportagem desta aldeia muito bem equipada ao nível social, com pessoas simpáticas, e um Presidente de Junta do melhor. Um bem haja para Vale de Espinho.



              HISTÓRIA:
Vale de Espinho é uma freguesia portuguesa do concelho do Sabugal, com 32,15 km² de área e 380 habitantes (2001). Densidade: 13,4 hab/km².
As freguesias mais próximas são Fóios e Quadrazais, a aproximadamente 6 km. Situa-se numa zona de serrania, o que lhe tira bastante visibilidade principalmente a Sul.
Pensa-se que Vale de Espinho foi povoada desde a época castreja. Contudo, a documentação que existe faz-lhe referência apenas depois da fundação da Nacionalidade.

A sua Igreja foi construída entre os séculos XII e XIII. Inicialmente foi dedicada à Virgem e só mais tarde a Santa Maria Madalena, que é hoje a sua Padroeira.
Devido à sua situação geográfica, Vale de Espinho foi por diversas vezes vítima da passagem das tropas em épocas de guerra.
A gastronomia local baseia-se sobretudo em: javali, cabrito, enchidos, queijo da região, trutas do Côa, pão-de-ló e bolo de leite. Heráldica de Vale de Espinho.


Fonte: www.memoriaportuguesa.com/vale-de-espinho

Portal AuToCaRaVaNiStA
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes