Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

Nª. Sª. DO ALÍVIO - VILA VERDE - BRAGA

Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
O Santuário de Nª Srª do alívio está situado em no Concelho de Vila Verde, Distrito de Braga, Portugal.
Visita ao Santuário de Nª. Sª. do Alívio, de passagem por Vila Verde, em direcção a Mixões da Serra, com paragem programada no roteiro, o Mosteiro de Randufe que daremos conta aquí no Portal. Toda esta Região pertencente ao Distrito de Braga ( a cidade dos Arcebispos) é rica em património religioso, as ordens religiosas foram o principal motor das grandiosas construções de Santuários, Mosteiros, etc. Com o Fim das Ordens, ficou tudo a saque, e perdeu-se um vasto e extenso património que hoje seriam a delícia de muito turismo no nosso País.


Porque deixaram pilhar as estruturas!? Essa é a grande questão, o que é certo, é muitas moradias dessas zonas de pilhagem, estão construídas com as pedras destes monumentos Nacionais de todos nós. Agora não há remédio, e não há culpados, o que equivale a dizer que é um alívio para quem pilhou mesmo não estando já neste mundo. Que a Nª Senhora do Alívio lhes dê alguma paz.





          HISTÓRIA:
O Santuário de Nossa Senhora do Alívio, localiza-se no lugar do Alívio, em Soutelo, junto à EN que liga Vila Verde a Braga. É um edifício de características muito simples, de planta rectangular, cuja frontaria apresenta duas torres e um frontão triangular encimado pela imagem da Virgem com o Menino. O interior caracteriza-se pela existência de seis pilastras, entre as quais se abrem grandes janelas que sustêm os arcos que estruturam o tecto em abóbada. A sua construção, que se iniciou por uma Capela, deve-se ao Reverendo Francisco Leite Fragoas, no cumprimento de uma promessa a Nossa Senhora, na sequência de uma grave doença que o afectou. O santuário do Alívio é um importante centro de peregrinação, como se comprova pela presença permanente de peregrinos, em especial ao Domingo, dia em que também se realiza uma pequena feira. Porém, os dias mais importantes, são o segundo e terceiro Domingos de Setembro, altura em que ocorre a romaria em honra de Nossa Senhora do Alívio, na qual as procissões adquirem particular destaque.

A procissão do primeiro Domingo, que sai do Santuário e ali regressa, caracteriza-se pela existência de vários andores, com destaque para o de Nossa Senhora do Alívio e muitos figurantes com bandeiras e outros estandartes. A procissão do segundo Domingo é marcada pela concentração dos peregrinos em dois locais distintos: o centro de Vila Verde e o cruzeiro dos Quatro Evangelistas em Soutelo. Destes locais, os peregrinos vão, em procissão, até ao Santuário. Para além das procissões, realiza-se em ambos os dias, missa campal, cumprimento de promessas e feira. A participação de milhares de pessoas nas diferentes actividades que se realizam nestes dias, constitui a expressão da profunda religiosidade do povo da região, também observável nas ofertas ao Santuário. Ex-votos e iconografia dos mais variados tipos concentram-se na Capela das promessas. De particular destaque é um conjunto de quatro jibóias, uma das quais oferecidas em 1818 por um emigrante no Brasil.

Fonte: cm-vilaverde.pt

Portal AuToCaRaVaNiStA:
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes