Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

SERRA DA FREITA - AROUCA


Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
A Serra da Freita, pertence ao Concelho de Arouca, Distrito de Aveiro, Portugal.
A Serra da Freita acolhe diversas Aldeias Tradicionais, desde o Xisto, ao Granito, com as suas tradições e costumes ainda intactos, como se o tempo tivesse parado no século 19. Estes locais genuínos, que ainda albergam e fixam pessoas sobretudo de idade mais avançada, mas nos entretantos já se começam a ver investimentos das novas gerações que emigraram, e procuram deixar as suas raízes no lugar que os viu nascer, para quiçá, quando se reformarem, voltarem às suas origens, à agricultura e à tradição da terra pura e dura. Aqui os animais têm nome, e obedecem à voz do dono na hora de recolher ao curral.


Os autocaravanistas tem a vantagem de poderem fazer as visitas, e no final da tarde recolherem ao centro da Vila de Arouca, mais propriamente no parque da feira, onde existe a Área de Serviço para Autocaravanas, uma parceria do nosso Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português, e a Câmara Municipal de Arouca. Inaugurada em 2014.
"Veja aqui a inauguração"
Veja as coordenadas GPS na nossa Base de Dados aqui neste Portal, na barra lateral. Não esqueça de ler e imprimir para oferecer as nossas Regras de Ouro. O Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português, deseja-lhe uma boa estadia em Arouca.



    SERRA DA FREITA:

Ideal para a prática de desportos radicais, tudo em um. Lazer, Desporto, Ar Livre, Campismo, Turismo Rural, Parques de Merendas, etc.
A Serra da Freita pertence ao Município de Arouca e faz parte do Maciço da Gralheira, juntamente com a Serra da Arada (1057 m.) e do Arestal (830 m.), ultrapassando alguns dos seus cumes os 1000 m. de altitude.










 

Ao longo da sua vasta extensão, para além de muitos outros atractivos, pode deparar-se com a Fecha da Mizarela, a secular capela da Sra. da Lage, o fenómeno único das Pedras Parideiras, a Portela da Anta e algumas das aldeias mais características da região, como: Castanheira, Cabreiros e Cando. A Freita alberga, no seu seio, espécies faunísticas e florísticas raras, algumas mesmo em vias de extinção. O coberto vegetal predominantemente constituído pela urze e pela carqueja, e nas zonas de encosta, por pinheiros, carvalhos, medronheiros e azevinho, protege o lobo ibérico, o javali, a águia de asa redonda, o gato-bravo, entre outros.Para além do rio Caima, nascem nela múltiplos ribeiros de águas cristalinas que, vencendo abismos e serpenteando montes, vão engrossar os caudais do Paiva e do Arda.




Brevemente colocaremos aqui fotos recentes. As fotos aqui expostas foram extraídas de uma máquina de filmar. A Serra da Freita faz parte do Maciço de Gralheira, juntamente com a Serra da Arada (1057 m.) e do Arestal (830 m.), ultrapassando alguns dos seus cumes os 1000 m. de altitude. Ao longo da sua vasta extensão, para além de muitos outros atractivos, pode deparar-se com a Fecha da Mizarela, a secular capela da Sra. da Lage, o fenómeno único das Pedras Parideiras, a Portela da Anta e algumas das aldeias mais características da região, como a Castanheira, Cabreiros e Cando. 


A Freita alberga m, no seu seio, espécies faunísticas e florísticas raras, algumas mesmo em vias de extinção. O coberto vegetal predominantemente constituído pela urze e pela carqueja, e nas zonas de encosta, por pinheiros, carvalhos, medronheiros e azevinho, protege o lobo ibérico, o javali, a águia de asa redonda, o gato-bravo, entre outros. Para além do rio Caima, nascem nela múltiplos ribeiros de águas cristalinas que, vencendo abismos e serpenteando montes, vão engrossar os caudais do Paiva e do Arda.
Fonte: www.cm-arouca.pt

Portal AuToCaRaVaNiStA
Grupo AuToCaRaVaNiStA Português
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes