Portal AuToCaRaVaNiStA - Grupo AuToCaRaVaNiStA Português - O SEU PORTAL DE AUTOCARAVANISMO INDEPENDENTE SEMPRE CONSIGO.

PINHEL - GUARDA








Apontamento AuToCaRaVaNiStA:
Pinhel cidade histórica de Portugal, pertence ao Distrito da Guarda, Região Centro e sub Região da Beira Interior Norte. 
Destaque para o seu Castelo, e Torre de Menagem, para a Igreja Matriz, e todo o património espalhado pela região. 
Pinhel é também conhecida pelo seu excelente vinho Duriense, e gastronomia apelativa aos sabores e saberes de gente com História.
Visita recomendada pelo Portal AuToCaRaVaNiStA.




            HISTÓRIA:
Com o maior número de solares por metro quadrado, a cidade bicentenária de Pinhel (cidade desde 1770) brinda o visitante com um conjunto muito significativo de testemunhos históricos de que poderão “descobrir” nos muitos edifícios monumentais e as estruturas arqueológicas que remontam a períodos anteriores à nacionalidade. Do vasto conjunto de elementos patrimoniais existente no concelho destacam-se as pinturas e gravuras rupestres do período neolítico existentes na freguesia de Cidadelhe, (de registar que é o único local pertencente ao Parque Arqueológico do Vale do Côa onde poderão observa-se pinturas rupestres sobre granito); os testemunhos romanos das localidades de Freixedas, Sorval e Valbom, os lagares, lagaretas e sepulturas escavadas na rocha nas localidades de Carvalhal de Atalaia, Freixedas, Mangide, Manigoto e Vascoveiro.

O concelho de Pinhel é ainda pontilhado por edifícios do período medieval e moderno dos quais se destacam o Solar dos Távoras, em Souropires, os Solares dos Leitões e dos Mogadouro, em Freixedas, e a casa dos Fidalgos, em Santa Eufémia. Na sede de concelho pode observar os solares dos Mena Falcão, dos Antas e Menezes, dos Corte-Real e dos Metellos de Nápoles… Dos tempos em que a cidade tinha seis paróquias ficaram as igrejas da Trindade, de Santa Maria, da Misericórdia, de São Luís (Sé Catedral durante o bispado de Pinhel) e a igreja de Santo António (antigo convento). Do património edificado de cariz religioso destaca-se a igreja de Cidadelhe, cujo tecto é decorado com molduras de madeira pintada representado os Santos, e a igreja de Misericórdia em Pinhel. Na deambulação pelo património da cidade medieval poderá ainda visitar o castelo de Pinhel, que assumiu um papel importante na defesa da fronteira beirã., com a linha da Muralha que guarda a parte antiga da cidade. Do período Medieval e Moderno são também os três pelourinhos existentes nas localidades de Alverca da Beira, Lamegal e Pinhel. Falar de património do concelho de Pinhel é também referenciar as muitas paisagens de características ímpares: Os vales encaixados do Rio Côa e dos seus afluentes que servem de habitat a um conjunto de espécies protegidas; as áreas agricultadas, sobretudo a vinha que na Primavera e Outono dão um colorido à paisagem, contrasta com uma paisagem natural predominantemente granítica.

Fonte: www.cm-pinhel.pt

Portal AuToCaRaVaNiStA:
Grupo AuToCaRaVaNiStA Portuguès
Copyright AuToCaRaVaNiStA - by jbmendes